Dilma Rousseff diz à CNN que lutará para sobreviver ao impeachment

A jornalista Christiane Amanpour, da CNN, veio ao Brasil para entrevistar Dilma Rousseff. A entrevista com a presidenta está dividida em dois blocos. Os vídeos estão em inglês, sem legendas.

Parte I

Falam da sobrevivencia de Dilma no governo e de por que o impeachment sem crime de responsabilidade é golpe.

Christiane menciona que Hillary Clinton, candidata à Casa Branca, se considera principalmente uma boa executora, não uma grande política, como seu marido, o ex-presidente Bill Clinton.

A jornalista faz a mesma comparação entre Lula, um grande político, e Dilma, uma boa executora, mas pouco afeita à política. A presidenta concorda que, nesse sentido, ela é mais como Hillary.

Parte II

Christiane pergunta sobre a corrupção no Brasil e na Petrobrás, e sobre reformas que seriam necessárias na economia. Dilma diz que propôs tais reformas, mas o Congresso está impedindo que sejam aprovadas, provocando instabilidade no país.

A presidente também é questionada sobre a tentativa de levar Lula ao governo.

Por fim, falam de manifestações e da necessidade de reformas políticas no Brasil.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *